Introduza o termo a pesquisar e clique Enter.

Time of Eve – Kickstarter

Jun 13 03

Escrito por Luis Nabais @ 03/06/13 22:06 | 4 Comentários »

Eu bem sei que tenho andado desaparecido mas não podia deixar de partilhar aqui esta novidade. Há uns tempos atrás, se é que alguém ainda se lembra, falei por aqui de um filme de animação nipónica chamado Time of Eve.

O filme foca-se num futuro próximo onde os andróides (os robots, não os telemóveis) se tornaram em algo perfeitamente comum. Muitas referencias a Asimov como seria de esperar e uma historia que só peca por criar um mundo muito mais interessante do que lhe é possível exibir no curto espaço de tempo disponível.

A verdade é que os autores desta obra já tinham feito historia inicialmente ao transmiti-la simultaneamente no Japão e no serviço online de streaming Crunchyroll mas agora preparam-se para dar um outro importante passo na abertura aos fãs fora do Japão ao montarem um Kickstarter para conseguirem publicar um BluRay livre de região com legendas em Inglês disponível para todo o globo. 65 dólares pelo BluRay é obviamente um valor elevado (mesmo levando em conta todos os bónus como um livro de 40 páginas com arte da série) mas não hesitei em votar com a minha carteira na esperança de que outros autores da terra do sol nascente vejam esta iniciativa como um exemplo e se abram mais aos fãs fora do país.

Link: Time of EVE: The Movie on Blu-ray @ Kickstarter.

Loures? Não, Lisboa senhores.

Jul 12 24

Escrito por Luis Nabais @ 24/07/12 23:07 | Sem Comentários »

Pois bem, chegou ao fim esta novela.

Primeiro foram os deputados do PS e PSD que com a pressa de alterarem a lei que reestruturava as freguesias de Lisboa meteram os pés pelas mãos e mudaram ruas como a minha para fora da minha freguesia e para terra de ninguém com uma proposta alterada e votada no próprio dia. Pelo caminho tivemos o tradicional discurso dos camaradas do PCP a dizer que a proposta estava mal e todas as demais queixas mas sem nunca explicarem nada. Aprovou-se então a estranha proposta.

Depois vêm os deputados da Assembleia da Republica criar a insólita situação de pedirem à Presidência da República para vetar a lei que eles próprios aprovaram apenas dias antes porque se enganaram (até guardei o artigo do Expresso sobre o caso).

E agora voltou a Lei à Assembleia com um aviso do Presidente da Republica para passarem a ter mais cuidado com o que aprovam (aviso que eu sublinho naquela que é quiçá a primeira vez que concordo com o actual Presidente). Lei essa que já tem proposta de alteração pronta a ser votada! Se alguém achava que a política era sempre lenta tem aqui prova que quando querem não o é.

Resumindo e concluindo: o texto foi emendado para deixar de limitar incorrectamente a freguesia dos Olivais na Avenida Dr. Alfredo Bensaúde em vez do correcto “limite do concelho” e a freguesia do Parque das Nações é correctamente criada até ao rio Trancão.

Resta deixar a nota de apreço aos deputados que me responderam ao email que enviei a expor a situação no dia em que soube do assunto. Em particular aos dois Lideres parlamentares do PS e PSD que foram dos primeiros a responder bem como à deputada Ana Sofia Bettencourt (PSD) e ao deputado Marcos Perestrello (PS). Deixou-me ligeiramente mais descansado ter respostas breves destes deputados a confirmar que a situação se tratava de um lapso e que seria corrigida assim que possível. A nossa democracia ainda precisa de um pouco mais de transparência mas neste caso acabou por se mostrar mais transparente do que eu esperava.

Anime Preview – Verão 2012

Jul 12 02

Escrito por Luis Nabais @ 02/07/12 23:07 | 3 Comentários »

Ainda parece que foi ontem que fiz a minha previsão para a temporada primaveril e já aqui estamos na temporada de verão comigo a roçar novamente no limite para não colocar isto online atrasado.

Se eu já estava pessimista no que toca à temporada transacta desta estive vai não vai para nem sequer fazer o post dado que nada me saltava particularmente à vista mas depois lá dei uma vista de olhos com mais atenção e encontrei qualquer coisa para aguentar a silly season que é a temporada de verão.

Continuar a ler esta entrada >>

Proposta 120/XII – De Lisboa sou atirado para Loures

Jun 12 19

Escrito por Luis Nabais @ 19/06/12 21:06 | 5 Comentários »

Foi com muita satisfação que descobri que os meus vizinhos do Parque das Nações ganharam a sua batalha e conseguiram a formação da muito esperada freguesia para o Parque das Nações. Fiquei obviamente satisfeito quando ouvi a notícia e nem me preocupei mais com o assunto.

Claro que tudo isso mudou quando descobri que, pela mãozinha do grupo do costume (PSD/PS), foi adicionada uma alteração à última da hora que causou com que a minha rua fosse silenciosamente atirada para o concelho de Loures sem nunca os moradores serem questionados ou informados desse facto.

Eu bem sei que isto é uma situação minúscula pois trata-se apenas de duas pequenas ruas na periferia do concelho de Lisboa mas a verdade é que tudo isto implica as mais diversas alterações não só no que toca ao valor do metro quadrado da minha habitação (e sua potencial desvalorização) como também no aumento da taxa do Imposto Municipal sobre Imóveis uma vez que a câmara municipal de Loures cobra uma taxa superior e outras diferenças que os moradores da zona norte do Parque das Nações tão bem conhecem.

Não é que eu tenha algo contra Loures que é um perfeitamente aceitável e extenso concelho mas a verdade é que eu vivo actualmente em Lisboa, faço a minha vida diária em Lisboa, uso as vias públicas de Lisboa e sinto-me cidadão Lisboeta que deseja poder influenciar as decisões do concelho onde vive através do seu voto mas que vê o seu direito revogado agora por razões completamente opacas de deputados em quem nem sequer votei (votei noutros infelizmente não eleitos). A verdade é que a minha vida pura e simplesmente não passa por Loures e para mim (bem como para a generalidade dos meus vizinhos) não nos é benéfico sofrer esta abrupta e inesperada mudança, é sim relativamente prejudicial.

Para quem estiver interessado em confirmar o que digo podem fazê-lo vendo a proposta 120/XII no site do Parlamento mas não cometam o mesmo erro que eu e desloquem-se até mais abaixo na página onde podem encontrar a súbita alteração do texto com o único propósito de retirar estas 2 ruas do concelho de Lisboa.

Honestamente nem percebo bem o que nos espera agora e nem sequer sei em que freguesia me passo a incluir já que a proposta apenas se refere ao concelho de Lisboa. Tanto quanto consigo entender até pode ser possível ter sido atirado para fora do concelho de Lisboa e para uma espécie de Limbo em que não pertenço a nenhum município.

Estou só a aproveitar este meu pequeno espaço para dar a conhecer esta situação caricata em que fui colocado e pedir a ajuda de quem assim o quiser para contribuir quer com conhecimento sobre o que podemos nós fazer ou que entrem em contacto com os vossos deputados e/ou aqueles responsáveis por esta proposta a perguntar o porquê desta alteração súbita a esta mão cheia de cidadãos que nada esperava.

PS: Enquanto escrevia este post recebi resposta do deputado Luis Montenegro (do PSD de Aveiro e um dos autores do texto) a informar-me que existiam algumas incorreções no texto e que ia apurar se tinha algo a ver com esta situação. Aguardo a resposta agora.

EDIT: Recebi já resposta do Carlos Zorrinho (Lider da bancada parlamentar do PS) e da deputada Ana Sofia Bettencourt (do PSD) a assegurarem-me que se trata de um erro e que o texto terá de ser revisto antes de ser publicado pois não cumpre o espirito da proposta. Fico a aguardar para confirmar o que é apresentado como final.

O Comando é Meo

Jun 12 14

Escrito por Luis Nabais @ 14/06/12 19:06 | 3 Comentários »

NonsenseBB - Meo Kanal

NonsenseBB – Meo Kanal


Aqui por casa a internet de eleição era já há alguns anos a Cabovisão no entanto a oferta de canais tem andado em declínio nesse operador e o facto de me estarem constantemente a tentar vender um pacote extra de canais por 5€ também não agradou. Ainda por cima quando a maioria desses canais fazem parte dos pacotes base da Zon e Meo!

A decisão ficou então tomada: metia-se Meo Fibra cá por casa e não se fala mais no assunto.

Esta semana vieram cá fazer a instalação e vou dar então as minhas primeiras opiniões, criticas como é de esperar deste velho do Restelo que aqui escreve.

No que toca à internet não vejo diferenças. “Ah e tal fibra até casa é melhor” dizem eles. Balelas! Não há grande diferença e a única que noto é mesmo darem-me 4 vezes mais velocidade de upload (mas isso só acontece porque os valores da cabovisão eram ridiculamente baixos). Tenho os 30mbps que contratei tal como tinha antes, nem mais nem menos, e no fim a única (grande) queixa que tenho é a porcaria do router Thomson que é uma grandessíssima trampa com uma quase total ausência de opções de configuração. Neste momento tenho o meu router Asus com DD-WRT como tinha antes mas não consigo usar coisas como o Meo Remote porque os meus dispositivos não ficaram na mesma subrede da box. É chato mas honestamente não estou para me chatear mais (bem que já tentei).

Quanto à box realmente é muito giro ter aqueles widgets todos, a forma de gerir pacotes de canais devia ser o mínimo exigido a qualquer operador e a qualidade de imagem é realmente bastante boa na maioria dos canais porém a lentidão da caixa é por vezes sofrível! Não que eu esperasse muito mais de software vindo de Redmond no entanto. E já mencionei que me vi profundamente perdido naquele comando no inicio? Há demasiadas teclas demasiado parecidas ou que não parecem fazer o que têm indicado, torna-se complicado (“Voltar” e “Apagar” são os principais criminosos).

De resto já andei a brincar com o Meo Kanal e aproveitei para meter por lá os vídeos que já tinha metido aqui no blog (Timelapses e Animusic) bem como alguns dos videoclips que usei para o animusic (e mais alguns). Quando tiver tempo a ver se me dedico um bocadito mais àquilo e meto para lá trailers de jogos e animes que acho interessantes. No fundo vou tentar transformar aquilo numa extensão do blogue.

Entretanto podem encontrar o Meo Kanal NonsenseBB carregando na tecla verde + 859748:

Meo Kanal 859748

Não é pessoal

Jun 12 06

Escrito por Luis Nabais @ 06/06/12 2:06 | 1 Comentário »

Don't Take It Personaly, Babe, It Just Ain't Your Story - Main Menu

Main Menu

Não é todos os dias que um jogo consegue a proeza de subtilmente me levar a acreditar em algo que pode não ser necessariamente verdade ou de me fazer olhar para trás e pensar que as acções que tomei fazem de mim um monstro. Mas é certamente ainda mais invulgar quando um “jogo” me faz ter estes sentimentos apesar de ser basicamente um livro interactivo sem grandes possibilidades de eu, jogador, influenciar as acções de alguém que não sou eu: o personagem principal.

Don’t Take It Personaly, Babe, It Just Ain’t Your Story é outra das historias interactivas da mente brilhante de Christine Love, a pessoa por trás de Digital: A Love Story e mais recentemente Analogue: A Hate Story.

AVISO: Antes de mais nada vou já deixar claro que, ao contrario do que é habitual, não consegui mesmo arranjar forma de escrever esta entrada sem desvendar partes importantes da historia do “jogo” e, considerando que a historia em si é o jogo, torna-se extremamente importante deixar este facto bem claro.

Continuar a ler esta entrada >>

Logitech Harmony em Fedora Linux

Mai 12 09

Escrito por Luis Nabais @ 09/05/12 17:05 | Sem Comentários »

Há já bastante tempo atrás aproveitei uns descontos da fnac e decidi simplificar o crescente numero de controlos remotos na minha sala com a compra de um Logitech Harmony (515 se estiverem interessados). Na altura configurei-o o melhor que pude com o lastimável software que tem e nunca mais lhe mexi… até hoje.

Hoje deparei-me com um cabo óptico partido no meu WD TV (que me levou a um bom bocado a tentar retirar o encaixe de dentro do conector) e visto que não tinha por cá outro cabo para o substituir decidi meter antes um cabo analógico a substitui-lo. Ora com isto tive de reprogramar ligeiramente o Harmony para utilizar o input certo (e já agora acertar uns timings que nunca ficaram bem).

No entanto tive um pequeno problema: estava com o PC ligado em Linux e não tinha pachorra para arrancar em windows só para o programar. E foi assim que meti mãos à obra e descobri como se fazia a coisa no lado negro da força.

Continuar a ler esta entrada >>

Guilty Crown

Abr 12 26

Escrito por Luis Nabais @ 26/04/12 10:04 | Sem Comentários »

Guilty Crown

Guilty Crown

Num futuro próximo, um meteorito com um vírus extraterrestre despenha-se no Japão causando uma infecção devastadora a nível nacional e um estado total de anarquia. Uma organização internacional conhecida como GHQ intervém com lei marcial e restaura a ordem no país a troco da sua independência. Este acidente torna-se conhecido como o Natal Perdido.

Dez anos mais tarde, em 2039, Ouma Shuu – um adolescente com um poder especial acordado pelo vírus Apocalipse – encontra Yuzuiha Inori, uma estranha rapariga que o leva a juntar-se à luta contra as forças robóticas da organização governamental e uma sociedade secreta cujos objectivos continuam envoltos em mistério.

Na temporada outonal de 2011 o estúdio Production I.G. decidiu apostar forte numa historia de ficção cientifica original. Essa historia é este Guilty Crown e em termos de investimento foi dos fortes: banda sonora de altíssima qualidade, animação capaz de fazer inveja a muitos outros estúdios, designs que praticamente asseguram popularidade, jogos e tudo o que de mais se pode fazer para promover uma série.

A premissa da série é muito promissora e tem todos os componentes para ser um forte candidato a entrar nos anais da historia do meio mas será que o conseguiu?

Continuar a ler esta entrada >>

pub: