Introduza o termo a pesquisar e clique Enter.

Arquivo para: Janeiro, 2005

É dificil

Jan 05 28

Escrito por Luis Nabais @ 28/01/05 20:01 | Sem Comentários »

É-me dificil escrever não sei porque. Ultimamente tenho tido poucas ideias no que toca ao blog e por tal peço desculpa pela minha ausencia.

Tenho planos de criar mais un quantos tutorials para ensinar o pouco que sei mas nao tenho tido paciencia para os fazer e por tal peço desculpas.

Tinha ideias de falar o que penso mas aparentemente em nada penso e por tal peço desculpas.

Tinha vontade de criar algo que cativasse e que despertasse interesse na comunidade blogueira e por tal peço desculpas.

Não parei até agora de me repetir frase a frase e por tal peço desculpas.

Ando com problemas no Português na escola, não consigo perceber por mais que queira Fernando Pessoa, e tal vez por isso escrever seja dificil.

Ando a dar no duro na Matematica que este ano me apanhou desprevenido o que me deixa com a cabeça ocupada noutras coisas que não o blog e talvez por isso escrever seja dificil.

Fisica é como uma força que me impede de progredir ocupando os meus pensamentos com o atrito por ela causada e talvez por isso escrever seja dificil.

Este post não foi facil nem sequer tem qualquer qualidade mas talvez por isso peça desculpas por de ler ele ser dificl.

Anime

Jan 05 19

Escrito por Luis Nabais @ 19/01/05 23:01 | Sem Comentários »

Quem não conheçe desenhos animados como o DragonBall ou o Pokemon? Quem não conheçe esses desenhos de traço facilmente reconhecivel que vieram do oriente para invadir os nossos televisores e o nosso imaginario?

Devo confessar que sou um moderado fã de Anime e tenho alguns Animes favoritos. Naturalmente que o DragonBall Z foi a grande paixão da minha infancia como certamente da grande maioria de vós. Quem não se lembra do mitico Sangoku a combater monstros como o Cell ou o BuuBuu? Quem não brincou em tempos fingindo que era o Vegeta ou o Trunks? É verdade que as repetições deste desenho animado já começam a encher mas mesmo assim não consigo deixar de parar pela SIC Radical e ficar a ver esta serie que tanto me marcou…

E foi mesmo por ver o DBZ que me lembrei de outros grandes animes que também existem e que não são tão conhecidos por cá como este. Naturalmente não os conheço a todos, na realidade até devo ser bastante inculto no que toca a anime, mas gosto do que gosto e estes são os animes que mais me marcaram.

Começo por Trigun, uma historia de Cowboys futurista adaptada a um outro planeta onde um heroi “sortudo” e solitario nos diverte com inumeras parvoices enquanto, ao longo da serie, nos vamos apercebendo do papel muito mais serio e importante deste homem procurado. The 60 billion dollar men é o que lhe chamam e ao longo da serie descobrimos porquê e ficamos espantados com a realidade cruel que se esconde por traz daquela inocente façe de cromo.

Falo também de outra grande serie: Evangelion. Esta série é espetacular e deu origem a bastantes copias. Fala da historia da humanidade que se viu sobre ataque de seres extraterrestres (os Angel) e a unica salvação são 3 crianças e os Evas (robos gigantes) que estas pilotam. Extremamente bem feito e viciante apesar do anti-climax do seu final segundo me dizem (ainda so vi até meio).

Ha muitas outras grandes series de Anime como .hack// (qualquer uma das 3 series), Cowboy Bebop (mitica esta apesar de eu preferir Trigun), Naruto, Onegai Teacher entre muitos outros (sem esqueçer o mitico Doraemon LOL).

E voçês? Que animes gostam de ver?

  • AnimeNfo – Optimo local de informação sobre animes
  • Dynamic Portugal – Segundo eles a unica empresa Portuguesa dedicada a anime. Têm la alguns animes em DVD a venda.

O meu maior vicio

Jan 05 13

Escrito por Luis Nabais @ 13/01/05 23:01 | 2 Comentários »

Hoje venho falar-vos daquele que foi possivelmente o jogo mais viciante que alguma vez joguei (e de facto ainda hoje jogo).

Não não foi nenhum Pokemon, nem sequer o mitico Sonic… Não foi o Streets of Rage nem tão pouco o Fallout II (apesar de eu nunca esqueçer aqueles karmas. Cheguei a ver karma de Porno Star LOOOOOL)… Na realidade o jogo que mais me agarrou foi o grande, o unico, o inigualavel, o mitico… Transport Tycoon Deluxe!!!

Possivelmente poucos de voçês conheçeram esta malha mas foram quase de certeza indirectamente influenciados pelo seu sistema de jogo fascinante que ainda hoje me consegue agarrar (de facto este é capaz de ser dos poucos, se não o unico, jogo antigo que ainda me consegue cativar a joga-lo).

Pois bem e no que consistia o Transport Tycoon Deluxe? Este jogo consistia em montar uma empresa de transportes de carga e passageiros e montar linhas de caminhos de ferro, aviões, barcos e autocarros por forma a gerar lucro.

O jogo produzia alguns sorrisos nomeadamente quando observavamos a IA do computador a fazer as suas estradas e carris de tal forma eram estupidas as concepções (chegavam a dar voltas e voltas so para irem em frente LOL). Apesar desta pessima IA a verdade é que se não nos punhamos a pau conseguia passar-nos a frente e a caça de subsidios reinava no jogo. Claro que isto a meio do jogo ja tinhamos o mapa todo dominado e todos os competidores adquiridos o que só tornava o jogo mais divertindo transformando-o num autentico sandbox mode onde apenas criavamos a rede viaria/ferroviarea/aerea dos nossos sonhos. As horas que eu fiquei agarrado aquilo…

Ainda hoje gosto de pegar no jogo e joga-lo um pouco mais… Não posso é jogar muito porque o vicio é muito HE HE…

Ainda devem estar curiosos sobre como este jogo vos influenciou se nunca sequer ouviram falar dele certo? Pois bem o motor deste jogo deu origem anos mais tarde ao sucesso que foi o RollerCoaster Tycoon 1. De facto o motor de jogo é o mesmo tendo sido apenas melhorado para uma suposta nova versão do TTDX que foi entretanto cancelada e substituida pelo RollerCoaster Tycoon.

Desde o principio dos anos 90 que este jogo é rei e senhor nos tycoons de transportes e todas as tentativas feitas até hoje de o destronar sairam falhadas por muito boas que sejam. O Transport Tycoon tem muita força e ainda hoje existe uma forte comunidade que o joga havendo inclusive um addon não oficial e um remake Open Source do jogo que inclui não só aquilo que a comunidade achou de melhor para o jogo como também um modo online que consegue por fim demonstrar que os jogos Tycoon também podem ser jogados com sucesso online.

As alternativas a este jogo ha muito que tentam surgir mas a grande maioria delas saiu falhadas. Jogos como Transport Giant, Traffic Giant, 3D Trains & Trucks Tycoon e mesmo o mais recente Locomotion são algumas dessas tentativas que porem continuam a ficar aquem das expectativas.

De facto este ultimo, Locomotion, feito pelo autor do original (o mitico Chris Sawyer) é aquele que mais se aproxima do espirito do TTDX e basta jogar um e o outro para ver claramente que o Locomotion é a sequela que o Transport Tycoon nunca teve com o mesmo estilo de jogo, os mesmos meios de transporte, entre muitas outras coisas que tornaram o TTDX o mitico jogo que me marcou não só a mim como a muitos outros nesse mundo fora (O Transport Tycoon teve uma pseudo-sequela lançada pouco depois do original chamada Deluxe que para mim é ainda hoje o Tycoon quase perfeito, para o ser so precisava de ser um pouco mais dificil).

Espero ter-vos cativado ao menos para este fabuloso jogo (na minha modesta opinião), se estiverem interessados deixo aqui alguns links onde podem descobrir o jogo, o patch, ou o seu remake. Se depois de experimentarem acharem o jogo demasiado antiquado (coisa que duvido) podem sempre ir a uma loja e comprar o Locomotion. Não é perfeito mas se gostam de jogos Tycoon garanto-vos que serve para umas quantas horas de vicio.

  • Transport Tycoon Forums – A comunidade de TT
  • TTDPatch – O patch que serve de addon não oficial do jogo e adiciona compatibilidade com o XP
  • OpenTTD – Remake Open Source do Transport Tycoon, precisa de alguns ficheiros do original

Mobilias

Jan 05 09

Escrito por Luis Nabais @ 09/01/05 23:01 | Sem Comentários »

Estava eu a dar uma voltinha pelos blogs quando o meu amigo Isqueiro Negro (na realidade é Darklighter, tou só no gozo) me forneçe com esta perola: Furniture and Naked People.

E o que é isto? Bem segundo as palavras do proprio autor:
Furniture and Naked People is an ongoing project in which we ask our favorite photographers to pair naked people with icons of modern design.

Basicamente o que eles fizeram foi juntar mulheres nuas em poses sensuais (ou serão eroticas???) com mobiliario moderno. Devo dizer que isto é certamente uma optima prespectiva de negocio, especialmente no que toca a cativar os homens a renovarem o mobiliario la de casa.

Melhor ainda, eles pedem candidatos para se juntarem a eles quer como fotografos, designers ou mesmo modelos. Bem aposto que candidatos a fotografos não devem faltar, especialmente do sexo masculino.

Pessoalmente acho que alguém andou a ver filmes pornograficos a mais antes de ir para o trabalho e depois dá nisto…

Já agora lembrem-se, é para olhar para as mobilias, não para a modelo capisce? (como se fossem olhar não é?)

PhotoBlogs

Jan 05 06

Escrito por Luis Nabais @ 06/01/05 21:01 | Sem Comentários »

Estava eu muito bem no meu ecrã a passear pela internet fora quando me cai no desktop este blog: Photugal. Devo dizer que fiquei curioso com o conceito: falar dos IMENSOS photoblogs que todo o jovem portugues tem de ter para estar “na moda”, de facto o proprio blog começa assim:

“Dos aproximadamente 70 000 photoblogs existentes no Photoblog.be, mais de 20 000 pertencem a portugueses. Porquê?”

Devo dizer que este é um blog a que vou ficar atento até porque aborda algo que também me ocorreu bastantes vezes (nomeadamente aquelas inumeras que me enchem o msn com “pff comentem”, “venham ver o meu photoblog jinhos”, tudo isto numa linguagem ilegivel de X, cAps LoCKs estragados e afins que quase doem a ler).

Mas de onde vem este fenomeno? Da mesma maneira que em tempos toda a santa “pita” teve de ter uma pagina ranhosa com algo estilo: “esta é a minha pagina, curto estes links” (sim porque são as “pitas” quem mais surge nos photoblogs) ou mesmo com os blogs que ultimamente se tornaram no maior cliché online agora toda a santa “miuda” tem de ter o seu photoblog com as fotos tiradas com o telemovel da moda sempre com a qualidade que estamos habituados quando uma camara se estraga. Imagens desfocadas, angulos pessimos, olhos vermelhos e todo o tipo de atentados as imagens apareçem nestes novos clichés da moda. E tudo isto porque? Porque é giro ter um sitio onde se coloca exposto ao mundo todo o tipo de imagens embaraçosas ou não e se espera toneladas de comentarios do tipo “está giro”. Toda esta moda é simplesmente deprimente.

Mas os photoblogs não são apenas deprimentes, também existem aqueles que realmente nos dão a conheçer autenticos mestres da fotografia. Porém esses não os encontramos no photoblog.de mas sim em sites como o deviantart.com que ha muito são porto de abrigo para artistas digitais. Sugiro vivamente uma visita a esse site.

E por hoje fico por aqui, para a proxima falamos de blogs…

…ou então não, quem sabe quais serão os devaneios da minha mente então.

Hipocrisia

Jan 05 02

Escrito por Luis Nabais @ 02/01/05 23:01 | Sem Comentários »

Sim venho hoje falar de hipocrisia e mais concretamente da hipocrisia da Igreja, mais concretamente no que toca aos donativos.

É um facto certo e sabido que um dos estados mais poderosos e ricos do mundo é o Vaticano. Até aqui tudo bem, a pessoa mais ingenua diria que felizmente têm muito dinheiro para ajudar os demais. E é aqui que se enganam.

A verdade é que a Igreja NUNCA ou raramente deu um tostão para ajudar alguém, todas as ajudas que dão são sempre fruto de donativos e peditorios por parte daqueles que trabalham e ingenuamente vêm na igreja uma instituição pura e caridosa.

Um optimo exemplo desta hipocrisia da Igreja é a recente tragedia na Tailandia (as minhas condolências a todos os afectados | my condolences to all affected) em que a Igreja se dá ao luxo de usar o seu bastião decadente que é o Papa para demonstrar a sua enorme piedade ao dizer “Enviem dinheiro para a Tailandia que serão abencoados” e enquanto isto ficam lá todos na sua vidinha de luxo no Vaticano e não enviam um tusto dos cofres recheados do Vaticano para ajudar as vitimas, mesmo o que enviam é fruto de peditorios que fazem.

Mas isto não se passa só hoje, já quando a Radio Renascenca foi criada foi a mesma coisa (para quem não sabe a Radio Renascenca é propriedade da Igreja, bem como a RFM e é a unica rede radiofonica em Portugal que continua a ter censura e onde musicas como o Like a Virgin não passam). Quando esta radio foi montada os fundos usados foram fruto de um peditorio nacional. Conclusão: os devotos pagaram pela radio.

E os exemplos continuam, eu é que não tenho cabeça nem vontade de os procurar a todos mas ficaram com a ideia.

Agora espero pelas vossas criticas e ataques mas não contem comigo para ser politicamente correcto pois eu prefiro dizer o que penso, de cabeça quente ou fria. É a minha forma de ser.

Iniciação ao Winamp

Jan 05 01

Escrito por Luis Nabais @ 01/01/05 16:01 | Sem Comentários »

Pois bem tal como tinha feito no
anterior Stat(ing) My Mind venho aqui deixar o conhecimento sobre
certas peças de software e para começar vou falar do Winamp.
(certamente ja estão a ver que sou um grande fã deste media player).

Continuar a ler esta entrada >>

pub: