Introduza o termo a pesquisar e clique Enter.

Arquivo para: Agosto, 2011

20 anos de Linux

Ago 11 25

Escrito por Luis Nabais @ 25/08/11 20:08 | 1 Comentário »

Newsgroups: comp.os.minix
From: [email protected] (Linus Benedict Torvalds)
Date: 25 Aug 91 20:57:08 GMT
Subject: What would you like to see most in minix?

Hello everybody out there using minix -

I'm doing a (free) operating system (just a hobby, won't be big and
professional like gnu) for 386(486) AT clones.  This has been brewing
since april, and is starting to get ready.  I'd like any feedback on
things people like/dislike in minix, as my OS resembles it somewhat
(same physical layout of the file-system (due to practical reasons)
among other things).

I've currently ported bash(1.08) and gcc(1.40), and things seem to work.
This implies that I'll get something practical within a few months, and
I'd like to know what features most people would want.  Any suggestions
are welcome, but I won't promise I'll implement them 🙂

                Linus ([email protected])

PS.  Yes - it's free of any minix code, and it has a multi-threaded fs.
It is NOT protable (uses 386 task switching etc), and it probably never
will support anything other than AT-harddisks, as that's all I have :-(.

Esta é a mensagem que assinalou ao mundo o começo dessa aventura que é o Linux. Foi publicado exactamente há 20 anos atrás no newsgroup comp.os.minix.

É fantástica a humildade do inicio daquele que é um dos principais sistemas operativos actuais (em particular no mundo dos servidores).

Parabéns Linux e obrigada Linus por esta contribuição para a informática moderna.

Esta entrada foi feita por sugestão do António Dias do Maracujá.

Vim para Node.js (e mais)

Ago 11 21

Escrito por Luis Nabais @ 21/08/11 23:08 | 3 Comentários »

VIM Solorized

VIM Solarized

Desde há uns anos para cá que descobri que sou estupidamente mais produtivo quando uso uma linha de comandos para a maioria do que faço em vez de interfaces gráficos. O corolário dessa conclusão é que Windows pura e simplesmente não serve porque não tem nada que se aproxime à quantidade gigantesca de ferramentas disponíveis num qualquer clone de Unix como é o caso de Linux, BSD ou até mesmo Mac OS-X.

A minha escolha, como muitos certamente sabem, recai sobre Linux e o meu editor de texto de eleição é tornou-se lentamente o vim. Eu sou fã de ferramentas como o Gnome-Do/Quicksilver que me permitem escrever o que quero fazer em vez de utilizar ícones do interface gráfico ou atalhos complicados portanto o venerável editor de texto é uma escolha natural.

Mas uma das coisas boas do vim é que é altamente personalizavel e extensível e eu aproveitei esse facto para lhe adicionar algumas funcionalidades que me ajudam a escrever código javascript.

Neste post vou explicar os passos para reproduzir o meu ambiente de trabalho em html/css/javascript no vim.

Continuar a ler esta entrada >>

pub: