Introduza o termo a pesquisar e clique Enter.

Ensitel – Relações Publicas? Não, advogados!

Dez 10 28

Escrito por Luis Nabais @ 28/12/10 2:12 | 5 Comentários »

Ensitel – Take 5
Originalmente publicado por jonasnuts às 11:59, 9 de Abril de 2009

Sim, é mais um post sobre o conflito de consumo que tenho com a Ensitel.

Segui as instruções da advogada e escrevi à Ensitel a expor a situação e a denunciar o contrato e a dar um prazo (razoável) para a devolução do valor pago pelo telemóvel. Cartinha registada e com aviso de recepção. Recebi uma resposta com mais material dissuasor, e as regras da Nokia, e os danos devido a mau uso e mais bulshit do mesmo estilo. Respondi de volta, informando que não havia nenhum dano no telemóvel passível de ser associado a uso indevido. Fiquei sem resposta, claro.

A advogada já me tinha dito que seria pouco provável conseguir a resolução por esta via, mas recomendou-a na mesma, de forma a que num tribunal se verificasse que eu tinha tentado todos os meios, antes de recorrer à via judicial.

O passo seguinte, ainda na mesma perspectiva, foi expor a situação ao Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo de Lisboa. Lá fui ontem, à hora do almoço.

Dizem-me que a Ensitel tem um protocolo com o Centro em como aceita à partida todos os pedidos de mediação. Deixei cópias de toda a documentação e disseram-me que, rapidamente se resolveria o problema.

Quanto tempo é que demora esse rapidamente? Um mês e meio, dois meses. É engraçada a subjectividade do conceito de rapidez. 2 meses é uma eternidade. são 2 meses (mais os outros dois que quase leva este assunto) em que não vou poder usar um equipamento que comprei. Mas dizem-me que aí, nada a fazer. Vou fazendo posts.

A ASAE já me escreveu, na sequência das reclamações que apresentei. Dizem que estão a estudar o assunto.

A Ensitel tem o aparelho do seu lado. Os prazos, o tempo que demoram os processos, os trâmites legais. Pensando bem, eu já andaria feliz da vida a usar o meu telemóvel novo há muito tempo, se o pusesse a arranjar na Nokia. É com isso que a Ensitel conta.

Vejo mais pessoas com o mesmo problema, pode não ser a mesma avaria técnica, mas é o mesmo tipo de atitude da Ensitel, de descartar responsabilidades, e de lavar as mãos dos problemas que criou aos seus clientes. Vejo também que, como eu, mais pessoas querem exactamente a mesma coisa. Extinguir a relação comercial que as une à Ensitel. Quem trata assim os seus clientes não deve admirar-se com o facto destes quererem fugir o mais rapidamente possível de qualquer relação com a empresa.

pub:

5 Comentários

  1. Nuno

    28 de Dezembro de 2010 ás 16:04

    a utilizar Internet Explorer 8.0 em Windows XP

    Gostava de saber como acabou, ou não esta novela.
    Comportamentos abusivos destes existem em barda, principalmente porque desconhecemos os nossos direitos… e porque a justiça não funciona.
    Enfim…
    A pessoa a quem isto aconteceu pode sempre alegar que não foi ela que escreveu os posts, e ai sim, gostaria de ver como iria a Ensitel dar a volta a essa questão..

    Por exemplo o mail que coloquei inventei, o nome também, ou não…

    e agora assino como Cavaco Silva.

    Cavaco Silva.

    Pronto… e?