Introduza o termo a pesquisar e clique Enter.

Time of Eve – Kickstarter

Jun 13 03

Escrito por Luis Nabais @ 03/06/13 22:06 | 4 Comentários »

Eu bem sei que tenho andado desaparecido mas não podia deixar de partilhar aqui esta novidade. Há uns tempos atrás, se é que alguém ainda se lembra, falei por aqui de um filme de animação nipónica chamado Time of Eve.

O filme foca-se num futuro próximo onde os andróides (os robots, não os telemóveis) se tornaram em algo perfeitamente comum. Muitas referencias a Asimov como seria de esperar e uma historia que só peca por criar um mundo muito mais interessante do que lhe é possível exibir no curto espaço de tempo disponível.

A verdade é que os autores desta obra já tinham feito historia inicialmente ao transmiti-la simultaneamente no Japão e no serviço online de streaming Crunchyroll mas agora preparam-se para dar um outro importante passo na abertura aos fãs fora do Japão ao montarem um Kickstarter para conseguirem publicar um BluRay livre de região com legendas em Inglês disponível para todo o globo. 65 dólares pelo BluRay é obviamente um valor elevado (mesmo levando em conta todos os bónus como um livro de 40 páginas com arte da série) mas não hesitei em votar com a minha carteira na esperança de que outros autores da terra do sol nascente vejam esta iniciativa como um exemplo e se abram mais aos fãs fora do país.

Link: Time of EVE: The Movie on Blu-ray @ Kickstarter.

pub:

4 Comentários

  1. hugocardoso

    08 de Junho de 2013 ás 18:40

    a utilizar Google Chrome 27.0.1453.110 em Mac OS X 10.8.3

    Muito interessante embora o mais importante seja o “regresso” aos posts. Que seja o primeiro de muitos 😀

    • Luis Nabais

      08 de Junho de 2013 ás 19:38

      a utilizar Mozilla Firefox 23.0 em Windows 8

      Espero que seja. Eu planeava voltar apenas quando conseguisse redesenhar o blog mas isso tem-se tornado complicado. Simplesmente não há grande vontade de me atirar ao código à noite quando já passei um dia inteiro a fazê-lo 🙁

      E mais ainda quando a maioria dos meus post se tornaram autênticos trabalhos de investigação.