Introduza o termo a pesquisar e clique Enter.

Anime Preview – Outono 2011

Set 11 25

Escrito por Luis Nabais @ 25/09/11 21:09 | 2 Comentários »

Setembro já vai longo e com ele vieram as aulas. Agora chega Outubro e com ele vêm a nova temporada de animação nipónica e digo-vos desde já meus caros que a colheita deste ano prepara-se para me causar pesadelos. A quantidade de séries potencialmente interessantes neste Outono está em níveis nunca antes vistos e só eu arranjei aproximadamente uma dúzia de novas entradas na minha lista de séries a seguir.

Juntando isto ao regresso de séries como How I Met Your Mother, ao elevado numero de lançamentos altamente antecipados nas áreas de videojogos e ás 7 cadeiras que tenho na faculdade temos uma combinação explosiva que me vai forçar a fazer escolhas e a priorizar o meu tempo.

Portanto peguem num copo de qualquer coisa e metam-se confortáveis que isto promete ser longo.

Fate/Zero

Fate/Zero

Fate/Zero

Vamos já começar a matar com a entrada mais antecipada da minha lista. Fate/Zero é a adaptação ao pequeno ecrã da série de light novels da autoria de Urobuchi Gen (Phantom, Saya no Uta, Puella Magi Madoka Magica) e que serve como prequela à famosa visual novel da Type-Moon: Fate/Stay-Night.

Para quem não conhece o universo de Fate fica aqui a premissa: Todas as gerações 7 magos são escolhidos para lutar naquela que é a guerra do cálice sagrado. O vencedor desta guerra terá como prémio a possibilidade de ver realizado um desejo ao seu gosto. Para os ajudar têm o auxilio de servants, espíritos de guerreiros dos mais diversos pontos da historia que ficam presos por contrato aos magos e que os vão ajudar na busca do cálice. Fate/Zero conta a historia da guerra imediatamente anterior à de Fate/Stay-Night onde vamos poder re-encontrar o padre Kotomine Kirei ou o pai adoptivo de Shirou: Emiya Kiritsugu.

Para quem não compreende o porquê de eu estar tão entusiasmado com esta série recomendo a leitura da minha review de Madoka Magica mas resumindo é tem tudo a ver com o autor (e gestor de composição da série): Urobuchi Gen. O homem é conhecido por destruir personagens e por historias sempre profundamente negras o que é perfeito dado que eu admito ter um fraquinho por historias do género.

A animação chega-nos pelas mãos da UFOtable e a julgar pelos diversos trailers já exibidos parece exibir altíssima qualidade pelo que é certamente um forte concorrente a anime da temporada.

E falando em Type-Moon é sempre bom relembrar que a segunda parte do Carnival Phantasm, um conjunto de OVA para comemorar o 10º aniversario do estúdio, deve ficar disponível também durante esta temporada outonal. Sempre é uma boa forma de desanuviar quando o tom negro do Fate/Zero se tornar demasiado sufocante.

Last Exile: Fam, The Silver Wing

Last Exile: Fam, The Silver Wing

Last Exile: Fam, The Silver Wing
Continuando com as expectativas em alta passamos para Last Exile: Fam, the Silver Wing, uma série que marca o regresso à actividade do estúdio de animação GONZO e uma sequela daquela que é quiçá a mais emblemática obra desse mesmo estúdio.

Fam, The Silver Wing é uma sequela do anime original de 2003 e passa-se vários anos depois dos eventos ocorridos no final da anterior entrada. A historia foca-se no conflito entre os habitantes que sobreviveram ao planeta poluído e aqueles que regressaram no final da série original.

As expectativas são altas não só por parte dos fãs do original que esperam um sucessor digno de uma série marcante no meio como também por parte de todos os que esperam ver a GONZO regressar em força depois dos problemas financeiras que levaram o estúdio à beira da falência.

Quanto a mim estou apreensivo: não tenho grande esperança desta sequela depois de ver o ultimo trabalho do estúdio (Shangri-La) e ficar seriamente desapontado com a qualidade do enredo. No entanto este é o estúdio que nos deu o original Last Exile e o visualmente marcante Gankutsuou pelo que existe ainda uma boa parte de mim que espera ser agradavelmente surpreendido por esta obra.

Guilty Crown

Guilty Crown

Kyoukai Senjou no Horizon, Guilty Crown, Un-Go e Mirai Nikki
E continuando em alta passamos para mais duas entradas que me parecem muito promissoras. Das mãos das Productions I.G. (Ghost in the Shell, Eden of the East, etc) temos Guilty Crown onde um japão do futuro próximo foi controlado por uma empresa multi-nacional enquanto que das mãos da Sunrise (Gundam, Cowboy Bebop, etc) temos Kyoukai Senjou no Horizon onde num futuro próximo a terra ficou praticamente inabitável tirando um pequeno pedaço de terra.

Eu entro nestas duas séries de forma praticamente cega pois conheço muito pouco delas tirando os estúdios envolvidos e as pequenas premissas porém o interesse na comunidade tem sido elevado pelo que rapidamente entraram na minha lista de séries a estudar.

Também de forma cega entro em Un-Go, um anime sobre dois personagens que procuram resolver mistérios num futuro próximo e que nos é trazido pelas mãos da Bones (Fullmetal Alchemist, Eureka Seven, etc) no bloco NoitaminA.

E é preciso ainda mencionar Mirai Nikki que ganhou agora uma adaptação televisiva pelas mãos Asread (Ga-Rei: Zero) depois da OVA do inverno passado que me cativou pela sua premissa colocando-a na lista de séries a dar uma vista de olhos.

Tamayura: Hitotose

Tamayura: Hitotose

Hidamari Sketch X SP, Tamayura: Hitotose e Working’!!

No fim algo que vai dar comigo em louco por bons motivos. Working, Tamayura e Hidamari Sketch estão os 3 de volta ao mesmo tempo pelo que no que toca a comédias leves e slice-of-life estou mais do que tratado.

Working´!! conta a historia de um restaurante familiar em Hokaido cujos seus empregados de normal pouco têm desde a sub-gestora que prefere comer a trabalhar até ao personagem principal que se auto-apelida de mini-con (alguém que gosta de coisas pequenas). Working! foi uma das séries que mais agradavelmente me surpreendeu no ano passado e agora a A-1 Pictures está de volta para repetir a dose. É verdade que existem mudanças na equipa no som e direcção mas o primeiro episódio, apesar de possuir um estilo ligeiramente diferente da série anterior, mostrou que pouco mudou e que o resultado deve ser de qualidade idêntica ou até superior ao que vimos na primeira temporada.

Tamayura, para aqueles que não leram a minha review da OVA, é o mais recente trabalho do director de Aria que vê agora uma continuação no formato de série de TV. Se por um lado é verdade que a historia de fundo ficou basicamente concluída nos curtos 4 episódios da OVA também é verdade que o director Satou Jun`ichi é um mestre na arte do slice-of-life onde o importante não é tanto a historia mas sim os eventos que decorrem, como o nome indica, no dia a dia. Aria foi das séries mais emotivas e comoventes que já tive o prazer de experimentar e a OVA de Tamayura conseguiu chegar muito próximo pelo que espero um resultado igualmente bom desta nova adaptação televisiva.

Por fim temos Hidamari Sketch, a série que conjuga slice-of-life com o estilo moderno e irreverente da Shaft e mais concretamente de Shinbou Akiyuki. Praticamente tudo o que disse sobre Tamayura aplica-se a também a esta série e a minha única safa é que se trata apenas de umas OVA para preparar a quarta temporada mais tarde senão o meu tempo ia certamente desaparecer para uma qualquer dimensão desconhecida.

Mobile Suit Gundam AGE

Gundam AGE

Persona 4, Hunter x Hunter, Gundam AGE, etc

Como se não bastasse tudo ainda podemos esperar a adaptação televisiva do jogo da Atlus para a Playstation 2: Persona 4. Este RPG que combina elementos de dating sim situa-se num mundo onde algumas pessoas conseguem manifestar poderes sobrenaturais através de personas. Em Persona 4 a historia foca-se em Seta Souji, um rapaz não muito amigável que se muda para a casa do seu tio no campo e que, em conjunto com alguns poucos amigos que consegue fazer na sua nova escola, vai procurar desvendar o mistério relacionado com uma série de assassinatos na zona.

Considerando que comecei recentemente a jogar Persona 3 e gostei bastante do que vi até agora não podia deixar de passar esta ocasião.

Gundam também está de volta com um novo universo alternativo. Mobile Suit Gundam AGE é o nome da nova série que se foca na “guerra dos cem anos” onde 3 gerações de protagonistas vão lutar a bordo do Gundam AGE-1 contra um inimigo desconhecido que ataca o nosso planeta.

Por fim é também importante mencionar o remake de Hunter x Hunter bem como a continuação de Bakuman ou o segundo filme de Mardock Scramble.

Como podem ver esta é uma temporada de pesadelo pelas melhores razões. O difícil vai ser mesmo arranjar tempo para tudo ou conseguir efectuar a complicada decisão de deixar séries para mais tarde ou até mesmo pelo caminho. Depois de algumas temporadas mais fracas e de uma lei que fez tremer os fãs é bom ver uma temporada cheia de promessas a dar inicio a mais uma década.

E vocês? Têm alguma coisa em mente para a próxima temporada?

pub:

2 Comentários