Introduza o termo a pesquisar e clique Enter.

Desabafo

Abr 08 24

Escrito por Luis Nabais @ 24/04/08 17:04 | 3 Comentários »

Realmente tenho de admitir, no meu curso ensina-se mesmo muito bem os paradigmas do Java… Somos forçados a usar tantos mas tantos objectos diferentes para as mais ínfimas coisas durante os trabalhos que no fim já estamos mais perdidos do que os argumentistas do Lost durante as segunda e terceira seasons…

Era mesmo preciso num jogo ter um objecto para guardar as pontuações que está por sua vez indexado num mapa ao objecto que contém o nome do jogador num outro objecto completamente distinto?

CUSTAVA MUITO COLOCAR AS SACANAS DAS PONTUAÇÕES EM CADA UM DOS OBJECTOS JOGADORES?

Eu sou completamente a favor da programação por objectos, sou completamente a favor da reutilização de código e a sua sub-divisão em partes lógicas bem como muitas outras boas ideias mas eu sinto-me reduzido a escrever código que por vezes já nem quero saber o que faz! Eu não estou a programar, estou a montar legos que caibam no projecto montado na cabeça do professor!

GAHHHHHHHHHHHH!!!!!!!

pub:

3 Comentários

  1. Ulisses Costa

    24 de Abril de 2008 ás 23:12

    a utilizar Mozilla Firefox 2.0.0.14 em Ubuntu Linux

    É por isso que Java sucks! (para não dizer outra palavra menos apropriada…).
    Quero dizer: Java é brutal para produzir massivamente coisas, como tu dizes, “sem pensar”. Comecei a odiar Java quando tinha um projecto consideravelmente grande em mãos e demorei uma semana a especificar tudo e depois reparei que precisava de 3 semanas para escrever código repetitivo para TODAS as classes… LOLZZ

    Apeteceu-me pegar nos UML’s e em algumas classes que já estavam completamente feitas e passar a um miúdo do secundário para ele as completar.

    Java definitivamente não estimula a sede de aprendizagem de alguém que quer ser mais do que “o engenheiro”.

    Abraço