Introduza o termo a pesquisar e clique Enter.

DRM ou Teoria da Conspiração

Dez 06 04

Escrito por Luis Nabais @ 04/12/06 11:12 | 3 Comentários »

Estive a participar nos comentários do artigo “Computação Traiçoeira mostra a sua verdadeira face em patente da Microsoft” no blog Software Livre no SAPO e dei comigo a pensar: “Epah esta malta é muita fundamentalista” mas antes de pensarem que estou a insultar seja quem for deixem-me continuar o meu raciocínio.

Nestes comentários falava-se do DRM e de como ele é mau mas eu fiquei com a sensação que as pessoas hoje em dia já respondem a DRM com um tremendo e estrondoso “NÃO” sem sequer verem muito bem do tipo de DRM que estamos a falar. Sim eu concordo que DRM é mau porque demonstra que a empresa que nos vende aquele conjunto de bits não confia em nós mas vamos lá a ver: não terão eles razão? Com tanta pirataria por ai, com um acesso tão democratizado aos torrents e outras redes P2P onde a pirataria impere não terão estas empresas razões para suspeitarem dos seus clientes? Têm e apesar de eu não querer ser nenhum “advogado do diabo” lá terei de o ser porque o DRM tem razão de ser e admitamos: ele não vai desaparecer tão brevemente… mas pode ser controlado por pressões e mostras de desagrado por parte dos clientes.

Eu pessoalmente não quero sequer instalar o Windows Vista no meu PC devido á sua natureza tão dada ao DRM do Hardware… Não quero um dia ligar o PC e descobrir que a placa de rede que acabei de comprar e instalar não funciona porque as drivers não estão “certificadas” (ou seja porque a Microsoft não recebeu a sua parte dos lucros). Mas isto não quer dizer que eu ache que o DRM é única e exclusivamente mau porque no seu principio o DRM é tão mau como o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras ou aqueles detectores á porta das lojas que apitam quando se tenta fugir com algo que não é nosso. Destes nós não nos queixamos mas do DRM é logo um Ai Jesus!

Volto a dar o meu exemplo do Steam: é uma forma de DRM, é uma forma de controlar que cada pessoa joga apenas os jogos que comprou e no entanto permite facilmente que eu pegue no CD do jogo e o instale noutro computador qualquer que me apeteça… Preciso de ter o meu login e password para jogar é verdade mas sinceramente há assim tanta diferença do velho meto de inserir o CD para jogar?

Quanto á historia do EULA eu vou dizer que o odeio com todos os ossos do meu corpo e não pelo facto de ele existir, não pelo facto de ele me tirar direitos que a lei me concede mas sim pelo facto de ser um contrato que eu sou obrigado a aceitar depois de comprar um produto pelo qual paguei e que agora me pertence, isso sim é do mais ilegal e imoral que existe neste mundo e isso sim me faz odiar o malfadado EULA com todos os ossos do meu corpo!

pub:

3 Comentários

  1. Dextro

    Eu não disse que o DRM actual está a efectuar o controlo de forma correcta, antes pelo contrario até acho que o DRM actual está excessivamente controlador… MAS concordo com o conceito base de DRM visto que sei que os utilizadores abusam dos seus direitos (copiar CDs para os amigos e afins).

    Quanto ao Paladium nem me ponha a falar, odeio essa treta com toda a essência do meu ser!