Introduza o termo a pesquisar e clique Enter.

OS X Dual Boot

Fev 06 01

Escrito por Luis Nabais @ 01/02/06 22:02 | 6 Comentários »

4.1 Usando o NT Boot Loader (XP):

Pessoalmente não testei este metodo!

Façam o download deste ficheiro (o ficheiro de arranque do Darwin) e coloquem-no na raiz do vosso disco rigido (C:\). A seguir abram o ficheiro c:\boot.ini no notepad e adicionem o seguinte ao fim do ficheiro:

C:\chain0=”Mac OS X”

E está feito, reiniciem o computador e carreguem [ctrl] assim que passar o ecrã com os testes da BIOS (POST) para surgir o menu de arranque do NT (XP).

4.2 Usando o GRUB em Ubuntu:

Este foi o metodo que usei portanto é da minha inteira responsabilidade.

Abram uma consola na vossa instalação de ubuntu e escrevam:

sudo gedit /boot/grub/menu.lst

Procurem o fim do ficheiro (ou mais concretamente a ultima entrada title que deve ser a do windows caso o tenham instalado ou do memtest86+) e adicionem imediatamente a seguir:

title Mac OS X
root (hd0,3)
chainloader +1

gravem e reiniciem, quando o menu do grub apareçer basta escolherem o Mac OS e o menu de arranque do Darwin deve apareçer.

5. Dicas para o arranque.

Por defeito o Darwin arranca para o primeiro SO do disco rigido que supostamente não será o Mac OS portanto não se esqueçam de clicar em qualquer tecla quando surgir a contagem decrescente. Além disso o mais provavel é que o Mac OS não arranque normalmente e necessite de comandos para o fazer. Por experiencia propria tive de adicionar os seguintes comandos para arrancar e tornar utilizavel o meu sistema em Mac.

Ao apareçer a caixa para colocar as opções de arranque do Darwin escrevam o seguinte:

Platform=X86PC “Graphics Mode”=”1024x768x24” -x

Uma pequena explicação:

  • Platform=X86PC – Isto desactiva varias funcionalidades que são especificas dos processadores Power PC tornando mais rapido o arranque
  • “Graphics Mode”=”1024x768x24” – Basicamente vai defenir a resolução para 1024×768 a 24bits. Pela minha experiencia é impossivel mudar depois de entrar no Mac portanto esta é a vossa melhor opção. 24bits simplesmente porque tem um ganho de performançe em relação aos 32bits sem se notarem grandes percas de qualidade grafica (aos meus olhos não se perde nada).
  • -x – Esta opção arranca o Mac OS em modo de segurança, usem apenas se tiverem o “infame” reboot screen of death.

E aí têm, agora basta usarem os links que já listei anterioremente para mais truques e dicas e acima de tudo o patch para SSE2. Este patch faz com que as aplicações SSE3 (iTunes e Rosetta) funcionem em processadores SSE2 (Pentium4 antes do prescott, processadores AMD ainda não foram testados mas a não ser que tenham SSE2 não devem funcionar e mesmo assim…).

Qualquer duvida ou questão basta comentarem.

pub:

6 Comentários

  1. Hanthus

    Amigo, já consegui dar boot no OS X em meu laptop, o sistema está na segunda partição e eu só tive de ativá-la, porém tenho que depois ativar a outra partição se quiser dar boot pelo XP. VocÊ tem alguma recomendação de como fazer um menu entre XP e OS X sendo que os 2 estão no mesmo hd, apenas em partições diferentes? Obrigado !

  2. Dextro

    Usa um qualquer CD de linux para instalar o lilo ou o grub 😉

    EDIT: Só agora é que reparei que seria muito mais facil se tivesses lido o meu tutorial até ao fim porque eu tenho lá instruções sobre como fazer isso 😐

  3. Andre Reis

    Gostaira de saber se alguem tem algum tutorial para instalar o Mac ox 10.4 x86 a partir de um HD vazio? acabo de baixar essa versao e nao consigo instalar…
    se alguem souber de algum site ou tiver algum tutorial favor mandar para [email protected]

  4. Roger

    Instalei Windows, Linux Suse e Mac Os, mas dá erro ao iniciar o boot: partition hfs. O grub está gerenciando o boot. Já está adicionado ao menu.lst as instruções de chainloader, etc. O que faço?